24
jun

Brexit, Trump e Bolsonaro: o Contra-Script do Amor

A queda do socialismo foi um golpe cognitivo tremendo. Óbvio que já tinha gente preparada. Gente trabalhada na psicanálise por anos de movimento hippie, amor livre e protestos pacifistas. Gente que já sabia o que fazer quando toda aquela animosidade acabasse. Quando o muro caiu, esse povo rapidamente se movimentou enquanto os outros que não […]

21
jun

007, Licença para matar, Licença para morrer

Uma das coisas que sempre me incomodou na franquia do James Bond foi a licença para matar. Na minha cabeça não entrava que uma licença dessas pudesse funcionar fora territórios da Rainha, quiçá dentro do próprio Império Britânico. Era suspensão de descrença demais pra mim. Vez ou outra eu até me pegava imaginando a cena […]

26
maio

Lembra?

Você se lembra? Lembra quando acordávamos nos domingos de manhã na casa de pessoas estranhas após horas de bebedeira e outros abusos? Lembra dos corpos estendidos em camas, sofás, poltronas e até no chão? Lembra de escrevermos de batom na cara dos que caíam bêbados mais cedo? Lembra das filas para usar o banheiro? Lembra […]

25
maio

Sempre o Domingos

Eu tive um professor de Filosofia da Arte que era fenomenal. Era o tipo de sujeito que chorava explicando o plot de Antígona e explicitava as diferenças entre drama e tragédia simulando uma crise de diarreia protagonizada por Getúlio Vargas. Saca o tipo? Tive aula com ele no breve período em que, sabe se lá […]

Pra quem tem medo da ameaça vermelha

Logo depois que o Jango assumiu, o país entrou em polvorosa. Tipo hoje. Mas à sério. Um grupo de oligarcas, executivos de multinacionais e ricos sem razão específica que costumava se encontrar para engraxar os sapatos juntos (não me perguntem o porquê, eram os anos 60) também se deixou contaminar pelo papo. Além de falar […]

Guia Turístico dos Ônibus do Rio de Janeiro

O casal de turistas sobe no ônibus na altura da Constante Ramos. – Esse é o 127?- a mulher pergunta, num sotaque impossível de se identificar. Pode ser argentino, russo ou até mesmo do interior de São Paulo. – NÃO! É O TRONCAL 1! UUUM! O 127 ACABOU! PRA ONDE VOCÊS VÃO? – o motorista […]