Os livros dos Jós e o livro de Jô

No segundo semestre de 2017 estranhamente me peguei lendo biografias, ou melhor, autobiografias de comediantes. A primeira foi uma sobre o caso de amor de Jerry Lewis e Dean Martin. Uma bela história de amizade que reproduz com muita sinceridade e doçura o velho “boy meets boy, boy loses boy, boy gets boy back thanks […]

A Gata Comeu e a crise da Tele dramaturgia brasileira

Tenho uma ligação afetiva com a Gata Comeu. Na primeira exibição em 1985, eu tinha 11 anos e, como toda criança, queria fazer parte do clube dos Curumins. Apesar dessa atração infantil, estranhamente me interessava por quase todos os outros personagens. As suas histórias eram tão memoráveis e suas características tão marcantes que durante anos […]

Billions e a brincadeira de Mau

Quase toda a noite, perto da hora de dormir, a minha filha quer brincar de Mau. Conhece? Não?! É assim que ela explica: – Eu sou o Bom. Eu vou pegar um brinquedo e finjo que vou dormir. Aí você é o Mau e tira o meu brinquedo. Depois eu sou o Mau. É uma […]

25
maio

Sempre o Domingos

Eu tive um professor de Filosofia da Arte que era fenomenal. Era o tipo de sujeito que chorava explicando o plot de Antígona e explicitava as diferenças entre drama e tragédia simulando uma crise de diarreia protagonizada por Getúlio Vargas. Saca o tipo? Tive aula com ele no breve período em que, sabe se lá […]

O que me preocupa em JJ Abrams

Ao contrário de uma pá de amigos que, respondendo ao hype da sua própria maneira, estão esperando que The Force Awakens seja uma bomba, tenho plena confiança que o filme será excelente.  JJ Abrams, não podemos negar, tem  imensa sensibilidade e um admirável respeito com materiais ditos clássicos, sejam eles franquias ou gêneros, ao mesmo […]