Love Zapping, o RPG das Comédias Românticas

Mais uma vez, o povo insano da Secular nos conclamou a criar um jogo com temas estranhos e mecânicas bizarras em 15 dias. No primeiro ano participei, mas, hoje, vejo que não fui lá muito bem. Acho que usei a oportunidade pra botar pra fora umas idéias que me incomodavam há anos e por isso não comprei totalmente a idéia. Em resumo tentei colocar um quadrado dentro de um círculo. Já imaginaram, né? Dessa vez, acho que aproveitei melhor a oportunidade ao mesmo tempo em que consegui conjugá-la com uma preocupação que tenho há tempos.

Sempre quis criar um jogo narrativo/expressivo que pudesse ser jogado por jogadores eventuais. Queria uma maneira de fazer aquele pessoal que joga imagem e ação depois de um jantar em casa jogar RPG. Quando vi o tema Romance e o uso de celulares, tudo se encaixou.

Assim nasceu Love Zapping. Um jogo narrativo de seis cenas onde duplas simulam zapeadas por comédias românticas. Cada cena tem seu próprio filme, gênero, personagens e peculiaridades, mas todas seguem a estrutura clássica do modelo Boy meets Girl das comédias românticas. Enfim, um jogo de humor romântico que critica e exalta esse subgênero tão maltratado do cinema. Enfim, minha homenagem a Hugh Grant, Meg Ryan, Kate Hudson, Matthew Mcconaughey, Tom Hanks, Billy Crystal e todos aqueles que nos salvam de Faustão, Eliana e companhia nas tardes de domingo.

Mas vamos deixar de papo e liberar o jogo para que vocês decidam se consegui atingir o objetivo ao qual me propus.

E, por favor, se tiverem dúvidas, críticas e sugestões, os comentários estão aqui embaixo pra isso mesmo.

Love Zapping, Love is in the Air…Waves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.