Aperte "Enter" para pular para o conteúdo

2023.08.20

[19:29]

There is no gig too small, all right?

Há controvérsias.

[6:19]

enter image description here

[5:39]

Nas newsletters, as escritoras se questionam se a crônica morreu ao mesmo tempo que se declaram, veladamente, suas herdeiras. É um sinal de cansaço do formato.  Morreu, mas vai bem.

Ontem, comprei pra minha filha uma edição antiga de Para Gostar de Ler e me caiu a ficha que a crônica perde muito quando desassociada das notícias diárias. É uma espécie de harmonização.

Até dá pra comer mel sozinho, mas o seu sentido se perde quando não é usado adoçar para algo. Talvez a crônica atual presuma que as pessoas já estejam informadas e deprimidas o suficiente para apreciá-la adequadamente. Um engano, na minha opinião. As pessoas me parecem, é, estar buscando as crônicas para se informarem. É proverbial rabo abanando o cachorro. Como sempre.

[5:26]

O mundo não é movido pelo desejo de “ganhar”, mas pelo desejo de “não querer ver os outros ganharem sem você”. Freud explicou. Metade. Além do Princípio do Prazer merecia um posfácio chamado: “…e o espírito de porco moderno”.

A que outro desejo atendem os bolões do escritório?

Fala aí

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.