Os arcos dramáticos de Chiquititas são basicamente os mesmo dos X-Men do anos 80, mas sem os poderes: jovens que moram em internato passam por conflitos amorosos, sociais e psicológicos causados pelo processo de amadurecimento e tentam resolvê-los com soluções totalmente fora da realidade.

Fala aí

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.