Ir ao conteúdo

A nostalgia de Friends mostra como Fukuyama tem razão. Estamos em paralisia emocional desde os anos 90. A sensação de falta de rumo e confusão não é falta de distanciamento histórico, é exatamente isso: falta de rumo e confusão. Simplesmente abandonamos qualquer propósito ou ação coletiva em prol de um individualismo exacerbado que olha continuamente pro passado em busca de vitórias liberais ou conservadoras, para justificar uma polarização de quem volta ao útero primeiro. Nada de novo foi criado. É como se a queda do muro de Berlin tivesse caído como uma bomba nuclear sobre a nossa cultura. Nos anos 90 ainda tivemos um breve e interessante período pós apocalíptico. Após o 11 de setembro, só sobraram as baratas.

Seja o primeiro a comentar

Fala aí

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.